Ao continuar a navegar você está a concordar com a utilização de cookies e a Política de Privacidade deste site. Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade.

Publicação Ver mais publicações

50% extintores de incêndio na recarga é possível?

Qual quantidade mínima de extintores de incêndio deixar na edificação no período da recarga?

Brasil Resgate INFORMA - Quando envio meus extintores de incêndio para recarga, posso ficar com 50% da quantidade total na edificação; ou qual é a porcentagem mínima que devo deixar de cobertura para atender a legislação vigente?

De acordo com a legislação e normatização atuais, não existe qualquer fundamento que autorize a "famosa recomendação" de se manter a quantidade mínima de 50% dos extintores de incêndio da edificação como cobertura garantida durante o período de recarga destes.

Essa informação é um mito que foi se espalhando amplamente, mas que não possui embasamento legal.

A quantidade mínima de extintores de incêndio que a sua planta deve possuir em todo tempo, é a estabelecida no seu L.E. - Laudo de Exigências do CBMERJ - Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro.
Por tanto, na hora de realizar a manutenção dos seus extintores, faça uma boa pesquisa de mercado e procure identificar empresas que te forneçam a maior cobertura possível de extintores enviados para manutenção (100%), ou veja o quantitativo máximo de cobertura que a empresa poderá te fornecer, e envie para manutenção apenas a mesma quantidade de extintores deixadas pelo fornecedor como cobertura. Assim você estará sempre com 100% dos extintores exigidos pelo CBMERJ para sua planta.

Talvez algumas empresas de manutenção de extintor não tenham uma quantidade de cobertura suficiente (100%) para fornecer ao seu empreendimento, contudo, dividindo o total em dois ou mais períodos de manutenção, e organizando bem essa logística, é possível fazer o serviço e ainda manter seu prédio seguro e dentro da lei.

Fique atendo, e não se descuide na segurança contra incêndio da sua edificação.